6 fatos interessantes que você provavelmente não sabia sobre deuses gregos e mitologia

A mitologia grega é, sem dúvida, um dos conceitos mais fascinantes que existem. A mitologia consiste em uma infinidade de histórias interessantes que têm a ideia de apresentar mensagens heróicas às pessoas comuns. Na Grécia Antiga, as pessoas eram profundamente afetadas por isso, acreditando que havia a vontade dos deuses.

As pessoas que sabem algo sobre a mitologia grega conhecem apenas a superfície da história. O real é muito mais profundo do que parece. Por exemplo, há muito mais deuses e subdeuses do que a crença popular. Se você estiver interessado em dar uma olhada em alguns desses deuses, visite motherhoodcommunity. com.

Ao mesmo tempo, as histórias são geralmente muito diferentes do que as pessoas pensam. É por isso que queremos iluminar algumas dessas histórias e apresentar nossos leitores em suas formas exatas. Agora, vamos fornecer alguns dos mais interessantes.

1. Atlas, o Líder Titã

Fonte:thoughtco.com

A primeira coisa que queremos destacar é que Atlas foi o líder dos titãs em uma guerra contra os deuses do Olimpo. Para quem sabe, essa guerra aconteceu porque os titãs queriam controlar o universo por conta própria. No entanto, eles acabaram perdendo, e todos eles foram punidos.

Atlas, que era o líder, recebeu provavelmente a punição mais interessante de todas. Zeus o tornou responsável por equilibrar a terra e os céus, segurando-os nos ombros. Mesmo que ele fosse forte o suficiente para fazer isso, essa punição não foi sem problemas.

Tem até uma história quando Atlas enganou Hércules em manter esse equilíbrio em vez dele. Em última análise, Hércules enganou o titã e sua punição permaneceu por toda a eternidade. Hoje, Atlas é o termo que usamos para descrever mapas-múndi que usamos com frequência quando visitamos diferentes partes do mundo.

2. Deuses Celebrados nos Jogos Olímpicos

Fonte:olympics.com

Uma das tradições do Mundo Antigo que ainda está em curso é o conceito de Jogos Olímpicos. Todos sabemos que eles são organizados a cada quatro anos. Naturalmente, eles têm apenas um propósito esportivo. Mas, na Grécia Antiga, esta era uma tradição religiosa onde os competidores celebravam deuses do Olimpo.

Aqueles que foram os mais bem sucedidos em certas disciplinas foram percebidos como pessoas que têm a afeição dos deuses. Alguns deles foram nomeados generais, até mesmo reis. Ainda assim, o ponto principal foi celebrar os deuses e sua vontade, o que foi comprovado pelos resultados dos jogos.

3. Hades não era tão ruim

Fonte:fantasticfacts.net

Hades, que era o deus do submundo e da morte, não era um cara tão ruim. As pessoas costumam se lembrar de Hades do desenho da Disney “Hércules”. Neste desenho animado, ele era o principal antagonista. Além disso, Hades era muitas vezes visto como o diabo do cristianismo. Mas, é preciso dizer que não foi esse o caso.

Por exemplo, Hades não era o deus do submundo desde o início. Em vez disso, três irmãos, Hades, Poseidon e Zeus, concordaram em como dividirão o reino. Em última análise, Hades não teve a mesma sorte que seus irmãos, e recebeu a tarefa de ser o mestre da morte e do submundo.

Além disso, ele tinha a tarefa de manter o equilíbrio, o que não significava que ele fosse responsável por apontar quais almas virão para o céu ou para o inferno. Três semideuses tinham essa responsabilidade. Por todas essas razões, é óbvio que Hades não foi retratado como o vemos hoje.

4. Atenas recebeu o nome de Atena

Fonte:greeka.com

Quem já visitou a Grécia e não esteve na capital do país, Atenas, perdeu muitas coisas. Estamos falando de uma das cidades mais bonitas do mundo, que tem muita história para mostrar aos seus visitantes. O que muita gente não sabe é que essa cidade recebeu o nome da deusa Atena.

Ela é uma das deusas mais relevantes da mitologia grega. Ela aparece em várias histórias em que ajudou heróis a derrotar monstros, fornecendo-lhes apoio e conselhos cruciais. Assim, os gregos decidiram nomear sua capital Atenas. Dessa forma, eles estão honrando sua sabedoria e boa natureza.

5. Equidna, Mãe dos Monstros

Todos nós sabemos que a mitologia grega está repleta do aparecimento de inúmeros monstros. Basta lembrar as tarefas que Hércules precisava concluir e como eliminar vários monstros foi um fator chave para completá-las. Pouco se sabe sobre o fato de que praticamente todos esses monstros tiveram uma mãe.

O nome de sua mãe era Echidna. Ela era uma companheira de Typhon, e serpentina gigante, que queria eliminar os deuses do Olimpo, principalmente Zeus, e alcançar o domínio do mundo. No entanto, esta tarefa não foi bem sucedida. Zeus e outros deuses decidiram punir Typhon aprisionando-o sob a terra.

Como resultado, Echidna e seus muitos filhos foram escondidos e começaram a enfrentar muitos heróis humanos no futuro. Muitos desses monstros desafiaram heróis como Hércules, Teseu e Odisseu. Como você deve saber, a maioria desses desafios terminou com os humanos sendo vitoriosos.

6. Ártemis era uma Assassina

Fonte:gamingsym.in

Um dos maiores equívocos que as pessoas têm sobre a mitologia grega é a crença de que Ares foi quem incitou o derramamento de sangue entre as pessoas. Mas, quando você olhar mais de perto, você não verá que isso é um fato. Em vez disso, Ártemis, a deusa dos animais e caçadores, foi quem teve essas intenções.

Existem inúmeras histórias de quando ela acabará resultando em derramamento de sangue. Por exemplo, ela foi responsável pela morte de várias crianças porque sua mãe a insultou. É preciso dizer que esta não é a única história desse tipo. Então, a deusa foi percebida como uma assassina, não Ares.

Conclusão

A cultura e a mitologia da Grécia antiga influenciaram o mundo de mais maneiras do que podemos contar. Existem inúmeros programas científicos, produtos alimentícios, instituições financeiras, cidades, etc. que receberam o nome de personagens dessa mitologia.

Neste nosso artigo, abordamos algumas das histórias mais interessantes e fornecemos aos nossos leitores a história exata. Não duvidamos que você achará essas informações interessantes e que elas podem encorajá-lo a ler essas histórias mais uma vez e aprender algo novo.